sexta-feira, 10 de maio de 2013


Há de se ater sempre
num contínuo esforço imaginário
onde toda obstinação de visagem 
investida em  excursões de pensamento
e corpo arraigado
à desdobrar-se
como um pendulo poderoso
ora ia o mistério,
e ora voltava criatividade
trazendo imagens fluídas
como símbolos do inconsciente
na presença do trajeto
entre o nada e o excesso

Um comentário:

  1. Olá , passei pela net encontrei o seu blog e o achei muito bom,
    li algumas coisas folhe-ei algumas postagens,
    gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns,
    quando encontro bons blogs sempre fico mais um pouco meu nome é: António Batalha.
    Deixo-lhe a minha bênção.
    E que haja muita felicidade e saúde em sua vida e em toda a sua casa.
    PS. Se desejar seguir o meu blog,Peregrino E Servo, fique á vontade, eu vou retribuir.

    ResponderExcluir