quinta-feira, 24 de novembro de 2016

sobre a vespa e o caos

Havia um vespeiro caótico no meio do nada
se já havia.....o que havia? Nulidade prenhe de
vespas que ferroam as próprias vespas

na iminente tentativa de auto-organização
ferroadas mútuas dizimavam vespeiros

depois a descoberta da resignação como solução para a barbárie
e a palavra "bem" concebeu-se
e os deuses e gurus perspicazes
perscrutaram o amor apaziguador
e inventaram o perdão e a impassividade
como forma de salvação.



segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Lua febril
presença querida
dorme e ascende
elevadas virtudes
sonha comigo
destino onírico
que conduz
ao delírio.



quarta-feira, 2 de novembro de 2016

“Contempla o fogo, as nuvens e quando surgirem presságios e as vozes soarem em tua alma abandona-te a elas sem perguntares se isso convém ou é do gosto do senhor teu pai ou do professor ou de algum bom deus qualquer. ” (HESSE, Hermann, p. 110)