domingo, 31 de julho de 2016



Desde dentro dos meus tímpanos
desde os confins mais remotos e antigos
desde um reconhecimento brutal
desde um oposto lado
desde o interior dos poros
ouço-te e iço-te  
(pensamento)
aberto
da unidade


Nenhum comentário:

Postar um comentário