quinta-feira, 31 de julho de 2014

Um sentido sereno surpreende meu enaltecer
enquanto esferas se desenham
novos ares se sobrepõe enquanto atmosferas alcançam
torpente se torna o meu procurar
sou a sombra da árvore milenar
que te abriga ao luar nas nossas andanças
estou sob um céu de cristal e sobre os notívagos do futuro

Nenhum comentário:

Postar um comentário