sábado, 10 de agosto de 2013


Energias circulam na mística imperceptível do acaso

dando ritmo às fecundas transmutações orgânicas

da estagnação o tempo da pedra

da fúria o mar contra a rocha

da umidade o tempo da terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário