sexta-feira, 10 de maio de 2013


Eles se aproximam
chegando cada vez mais perto,
 vindos de todos os lados,
às vezes até de dentro pra fora,
assumindo diferentes formas
e traquejos comunicativos,
estabelecem contato
e logo tomam domínio

quando disfarçados de pássaros
assobiam
melodias hipnóticas
indivisíveis
invadindo sem hesitar
seu lar
de ilusão

quando luzes
podem ser policromos anacrônicos
sempre presentes e talvez pouco acessados
invisíveis
como pequenas auroras bureais
na altura de sua cintura
e você se joga na energia
azul celeste, rosa escarlate, verde neon


brumas brancas
nuvens baixas doando uma energia alucinada ao cosmos
que te acolhe feito bebe no paraíso primordial

Nenhum comentário:

Postar um comentário