terça-feira, 20 de dezembro de 2011


I
Suave centelha
rasga e resgata
céu de anis estrelado

II
sereno
e segredo suspenso
no salgado
silente
(minas de lágrimas)

III
entre o musgo e a rocha
ruínas circulares
Gárgulas, castiçais, guindastes
Garrafas e mapas
Manuscritos à pena da caneta
Oriente
rumo de navegação!

IV
Embarca inocente
Desvia da rota
Quando no trivial da rotina
Desbota.

Nenhum comentário:

Postar um comentário