sábado, 21 de maio de 2011


"Para ser grande, sê inteiro: nada teu exagera ou exclui.Sê todo em cada coisa. Põe quanto és no mínimo que fazes. Assim em cada lagoa a lua toda brilha, porque alta vive"

Fernando Pessoa – Ficções do Interlúdio



Nenhum comentário:

Postar um comentário