sexta-feira, 28 de janeiro de 2011


“Não quero a terrível limitação de quem vive apenas do que é possível fazer sentido. Eu não: quero é uma verdade inventada.”
                                                         Clarice Lispector

Nenhum comentário:

Postar um comentário