segunda-feira, 5 de julho de 2010

Mitológico



O por do sol cor-de-rosa indicava o caminho a seguir

O entrar da noite os pegava de súbito num trecho de acentuado declive na estrada de terra


nós...

e a penetrante luz da lua-cheia

Testemunhas de boa estação das águas

Fluindo em nascente cintilante

brotando em terra fértil, gentil que seduz

Materialização da esperança horizonte...



Seguíamos discutindo displicentemente sobre as coisas da vida e da morte,

da ressurreição e do espírito.



Ode a Minerva na varanda

a Ariadne na sacada

a Tor na escada.



Ode as divindades afro-brasileiras na cachoeira



Ode a Pã na caverna,

às ninfas dos vales.



À Afrodite sob o dossel de estrelas

a Baco na bacante vacilante.


Vá a Tróia!!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário