quarta-feira, 30 de junho de 2010

Bad Romance



Senti morte- Nefertiti
Sabia do inevitável...
 Sonho inventado?!


De novo seu hálito inebriante

Sorvi seu fôlego mentolado

Sua saliva sabor saudade



Percorri todo o trajeto para por fim te encontrar,

numa rodoviária esparsa atenção,

meias rasgadas no taxi-corujão



Dois tragos e meio de birita

na esquina, sempre na esquina...

curva de rio!!!


Bias Fortes com Tupinambás

“Guajajaras, Tamoios, Tapuios,

Tupinambás, Aimorés, todos no chão...”

Um bom jazz,

a companhia,

e talvez uma serenata de marmanjos mal arranjados

entusiasmados com a situação.



Um quarto, conceito

Tempero para tudo!


Modorra Sodoma e Gomorra


viver é privar o devir do existir

Provar o elixir de cicuta acerba,

Morrer com a boca repleta de formigas debaixo de sua mesa.


Já chega! (huhauahuahuahuahua)




Nenhum comentário:

Postar um comentário